Textos

As palavras e a razão
Talvez as coisas não ditas signifiquem mais, mas se não forem ditas que diferença faz?
Só faz a diferença quando sai do cérebro e vai para a boca,
A diferença se faz no percurso da boca até os ouvidos de alguém.
Ou seja, não faz  na ação, mas na audição.
Na audição de quem ouve, não de quem interpreta.
De quem interpreta já é interpretação.
Então não tem valor pleno, pois pode-se interpretar qualquer coisa.
Qualquer coisa também não, tem que valer algo para alguém.
Aí sim será interpretado.
Interpreta-se para o bom ou para ruim.
Se for para o bem o crente dirá que é uma bênção.
Se for para o mal já é outra história, pode ser ruim e pode ser bom.
Se for ruim pode ser uma doença.
Se for bom pode ser uma esperança.
Ou seja, ou mal ou bom , ou simples ou complexo.
Todos os pensamentos quando viram palavras, significam várias coisas boas ou ruins, depende do momento e de quem as escuta.
Melhor transformá-las sempre em boas, que seja para o bem ou para o mal. Importa o momento  e o que se quer ouvir e entender.


"Palavras, são pensamentos que flutuam entre a mente e a razão, faça o melhor pra se ouvir"
Joaquina Affonso
Enviado por Joaquina Affonso em 17/11/2014


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr