Textos

A chance para ser feliz
    

    Ela vivia assim, todos os dias sentava-se no mesmo banco do mesmo jardim, lá ficava horas sentindo o tempo, o vento entrava em sua roupa percorrendo-lhe corpo e a fazendo esfriar, o olhar parado, olhando o horizonte que sempre seria o mesmo.
   Sua vida não tinha mais sentido ou tivesse um sentido de amargura e arrependimento.
    Ela poderia ter seguido em frente, mas seu coração sua alma e sua paixão ficou num passado próximo, precisamente há dois meses atrás.
    Ela era feliz, tinha um amor, compartilhavam uma vida de felicidade e amizade, curtiam as tardes de domingo sentados na mesma praça que ela estava agora...que saudades... que sensação de vazio.
    E tudo era vazio mesmo, já não estava  mais ao seu lado o homem que tanto amava.
    Recebeu uma carta, em que as palavras ainda soavam em sua mente: Devemos esperar, meu amor por você já não é o mesmo, adeus..
    Como recomeçar ?por onde andar, se suas pernas já estavam fracas?
    Havia um amigo que sempre lhe dava apoio no trabalho, lhe ajudava em coisas a fazer, encontravam-se rapidamente no café, dividiam a mesma vaga do carro no estacionamento, era ele que sempre lhe ouvia, em suas tristezas e alegrias.
    Ela nunca se lembrou de ouvir as lamúrias dele, somente preocupava-se em contar como foi seu fim de semana e como conseguiu resolver um problema no trabalho.
    Foi numa dessas tardes que chorosa sentava-se pensando na praça, que de repente o amigo sentou-se ao seu lado.
    Ele chegou perguntado porque ela não trabalhou de manhã, ao que ela respondeu que estava pensando em viajar, para espairecer os pensamentos.
    Conversaram a tarde toda, riram e no cair do por do sol ele aproximou-se dela com carinho e lhe disse que a amava, foi um espanto! afinal eram grandes amigos, mas ele disse que não aguentaria vê-la partir, segurou sua mão mais cálida e carinhosamente deu-lhe um beijo na testa.
     Ela  levantou-se virou para ele e disse que pensaria nisso.
    Apos pensar muito sobre o que ele lhe havia dito, ligou para ele de sua casa, marcando um novo encontro.
    Encontraram-se no dia seguinte para um café, conversaram, riram como nunca tiveram feito antes e no fim ela lhe disse: Você sempre esteve aqui, eu só tinha que abrir os olhos, mas... é tão difícil olhar quem está próximo.
    E é mesmo, acostumamos olhar para ver o mais distante, o próximo não encanta nossa mente.
    Procure sempre, mas começe pelo que esta ao seu redor, pois se ele está lá talvez só precise de uma chance para te fazer feliz e  alegrar seu futuro.
    


" A felicidade sempre anda ao nosso redor, você só precisa dar uma chance para ela"
Joaquina Affonso
Enviado por Joaquina Affonso em 21/08/2015


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr