Textos

Carta a uma amiga


    Querida Ju, sinto falta de nossas conversas, as vezes desconexas às vezes um pouco de trocas, você conta seus problemas e eu os meus.
    Mas amigos são assim mesmo, nem sempre dizem algo que nos acrescentam algo, nem sempre julgam como deveríamos ser julgados , mas o mais importante é que continuam nossos amigos, pois são verdadeiros.
    Não um verdadeiro qualquer, mas um "ser" verdadeiramente verdadeiro, com críticas e elogios como todos devíamos ser.
    Sem falsidades nem momentos de dúvidas.
    Assim são nossos amigos , ternas pessoas que entram em nossa vida nem se sabe porque e se tornam  mais queridos que nossos próprios parentes de sangue.
    São anjos que nos ajudam encarar a vida de outro lado, o lado vazio, como se as coisas tristes desaparecem do nada quando estão presentes.
    Querida Ju, eu como sua amiga, gostaria muitas vezes de ajudá-la mais, de talvez compreendê-la mais, de tornar sua vida melhor , pois me sinto um pouco responsável por você.
    No entanto temos que viver, nem sempre como queremos , mas como a vida deixa se colorir em nosso espelho da alma.
    Queria eu, ter o poder de deixar seu espelho e  sua alma mais leve, de todos seus problemas e queixas.
    No entanto temos que viver.
    Ainda bem que existe um criador, que nos protege e ensina.
    Principalmente nos protege com anjos de alma pura.
    E como sua amiga, peço sempre a eles, para que a  proteja sempre por onde andar, que alivie suas dores quando eu não puder ouvi-la e que principalmente a faça muito feliz, pois afinal você é minha amiga e ele é nosso pai.
    Um abraço e um beijo de sua amiga Jô
    Conte sempre comigo.
Joaquina Affonso
Enviado por Joaquina Affonso em 28/08/2015


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr