Textos

A busca
Por acaso o tempo passou e o vento carregou o amor do nosso caminho?
Aquilo tudo que sonhamos em palavras nao ditas e afagos sorrateiros...
Todo sentimento leve e profundo, em que nada no mundo poderia interromper?
Dos beijos roubados e os sufocados nas noites de Eros?
Talvez eu tenha deixado no tempo, o caminho do desejo e a vontade de amar...
A vida nao diz nada, sem palavras que se façam eternas,
sem toques que arrepiam, sem  doaçao sem limites
ou simplesmente tudo isso tenha um tempo de validade.
Pequenos atos de abandono, descuido ou intençao de dizer sempre:
Agora nao!
Que vontade de voltar e fazer assim de verdade.
Que se faça eterno o amor e a paixao.
Deixe-me tentar de novo, sem pressa e sem cobrança,
apenas procurar onde ficamos esperando no caminho mas...
nao me deixe sozinho.









Joaquina Affonso
Enviado por Joaquina Affonso em 17/07/2016


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr